Double

Rio de Janeiro

Mais uma morte

Moradora morre com tiro de fuzil nesta sexta, somando 19 mortes no Complexo do Alemão

Segundo moradores, Solange Mendes foi baleada por um policial que se assustou quando ela passava em um beco na Alvorada

Double | Rio de Janeiro (RJ) |
Com o novo caso, se somam 19 mortes no conjunto de favelas do Alemão desde a última quinta-feira (21) - Mauro Pimentel/ AFP

Na manhã desta sexta-feira (22), mais uma moradora foi baleada e morta no Complexo do Alemão, na zona Norte do Rio de Janeiro.  A vítima foi atingida com um tiro de fuzil na cabeça, na Alvorada, durante uma ação da UPP da Nova Brasília que tinha como objetivo a remoção de uma barra de concreto. 

Segundo informações do jornal A Voz das Comunidades, Solange Mendes, de 49 anos, foi baleada por um policial que se assustou quando a moradora passava no beco.


Solange Mendes, de 49 anos, foi baleada por um policial no Alemão / Reprodução

Com o novo caso, se somam 19 mortes no conjunto de favelas desde a última quinta-feira (21), quando forças de elite das polícias Civil e Militar iniciaram uma operação que resultou na terceira maior chacina da história da cidade.

Leia mais: Em pouco mais de um ano de governo Castro, Rio tem 3 das 4 chacinas mais letais da história

A PM afirmou que a base da UPP de Nova Brasília foi atacada por criminosos e negou revide. 

“Após cessar o ataque criminoso, uma mulher foi encontrada ferida e foi socorrida pelos policiais militares para o Hospital Estadual Getúlio Vargas”, disse em nota enviada à imprensa.

A polícia ainda afirma que 16 dos mortos na última quinta (21) eram suspeitos. Também morreram na operação o cabo da PM Bruno de Paula Costa e a moradora Letícia Marinho.

Edição: Mariana Pitasse


Double Mapa do site