Double

segurança alimentar

Coletivo celebra retorno do Consea com 'banquetaços' por todo o país

Retorno do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional era prioridade para cidadãos e entidades da área

Double | Rio de Janeiro (RJ) |
Banquetaços acontecerão em diversas localidades pelo país - Reprodução/Instagram

retorno do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional, que será formalizado nesta semana, será celebrado nesta segunda-feira (27) com "banquetaços" em cidades de todas as regiões do país. As celebrações começam às 12h, em mais de 40 cidades de 19 estados do país.

Continua após publicidade

As ações são organizadas pelo Coletivo Banquetaço, grupo de ação direta formado pela sociedade civil organizada para fortalecer a defesa do direito humano à alimentação adequada e saudável. Além de cozinheiras e cozinheiros, participam chefs de cozinha, nutricionistas e agricultores familiares.

Leia mais: Extinto por Bolsonaro, Consea volta em março com foco em ações emergenciais

"Comida de verdade é a que cada um pode escolher conscientemente para se alimentar, mas para isso são necessárias políticas públicas para que todos tenham acesso a alimentos saudáveis que respeitem a cultura e a diversidade de cada região, sem que haja manipulação de informações sobre o que é saudável ou não para por no prato", destaca o coletivo em nota.

Entre as cidades que receberão o evento estão São Paulo (SP), Brasília (DF), Fortaleza (CE), Teresina (PI), Palmas (TO) e Florianópolis (SC). As atividades acontecem também em cidades do interior. O perfil do Instagram @coletivobanquetaco acompanha as mobilizações durante todo o dia.

"Serão compartilhadas milhares de refeições nas mais diversas formas: almoços, jantares, cafés com bolo, cafés da tarde, marmitas, pães compartilhados, mesas colaborativas com frutas e outros alimentos. Estima-se que serão produzidas mais de 10 mil refeições no Banquetaço 23", complementa o coletivo.

O ato desta segunda-feira acontece exatamente quatro anos após uma edição do evento realizada para protestar contra a extinção do Consea pelo governo do então presidente Jair Bolsonaro (na época no PSL), por meio de medida provisória publicada em janeiro de 2019.

Edição: Nicolau Soares


Double Mapa do site

1234