Double

VIOLÊNCIA POLÍTICA

Deputada federal Daiana Santos, do Rio Grande do Sul, sofre ameaça de 'estupro corretivo'

Além da parlamentar gaúcha do PCdoB, outras parlamentares também receberam mensagens com o mesmo tipo de ataque 

Double | Porto Alegre (RS) |
Daiana Santos: "É uma tentativa nítida de intimidação e de fazer nós, mulheres lésbicas legitimamente eleitas, recuarmos na nossa luta por direitos" - Foto: Bruno Mendes

No mês da visibilidade lésbica, a deputada federal Daiana Santos (PCdoB/RS) sofreu ameaça de “estupro corretivo”. O episódio aconteceu na noite do dia 14 de agosto, quando a parlamentar recebeu um e-mail com conteúdo criminoso. Ameaças similares foram feitas a outras parlamentares lésbicas recentemente.

Daiana Santos registrou um boletim de ocorrência, na tarde desta terça-feira (22), na Delegacia Especial de Repressão aos Crimes por Descriminação Racial, Religiosa ou por Orientação Sexual ou Contra a Pessoa Idosa ou Com Deficiência (Decrin), em Brasília (DF). Conforme salienta a parlamentar, a motivação do crime relaciona-se à sua orientação sexual – ela é a primeira deputada assumidamente lésbica eleita no Rio Grande do Sul. 

::RJ: Vereadora Monica Benício registra queixa-crime depois de receber ameaças de "estupro corretivo"::

Em um dos trechos da mensagem, o autor fala que pode ir até a casa da deputada para realizar o que chama de “terapia”. Em outro trecho, ele diz que o estupro corretivo é uma “terapia” que “cura o homossexualismo feminino” porque “ser sapatão é uma aberreção”.

Para a deputada, esse tipo de ameaça precisa ser investigada e seus autores, que se utilizam do anonimato do ambiente digital, responsabilizados. “É uma tentativa nítida de intimidação e de fazer nós, mulheres lésbicas legitimamente eleitas, recuarmos na nossa luta por direitos. Essa ação criminosa só mostra a importância da nossa atuação e da necessidade e comprometimento do Estado brasileiro com a garantia da proteção da vida da população LGBTI+. Não iremos nos calar", afirma. 

::Deputada estadual de Pernambuco Rosa Amorim (PT) recebe ameaça de estupro::

E-mails com o mesmo teor foram enviados para outras parlamentares lésbicas, a exemplo da deputada estadual de Minas Gerais Bella Gonçalves (PSOL), a deputada estadual de Pernambuco Rosa Amorim (PT), a vereadora do Rio de Janeiro Mônica Benício (PSOL) e a vereadora de Belo Horizonte (MG) Iza Lourença (PSOL). O modus operandi aponta para um ataque coordenado contra mulheres lésbicas e de partidos progressistas. 

Na avaliação de Daiana Santos, o envio das ameaças neste mês não é uma coincidência. Agosto é o mês da visibilidade lésbica. Entre outras ações referentes a isso, a deputada vai promover, em 29 de agosto, a primeira sessão solene do Dia Nacional da Visibilidade Lésbica na Câmara Federal, em Brasília.

Fonte:BdF Rio Grande do Sul

Edição: Marcelo Ferreira


Double Mapa do site

1234