Double

Rio Grande do Sul

FREE ASSANGE

Pré-estreia de documentário sobre Julian Assange será exibido nesta quinta (24) na Sala Redenção

Sessão de 'Ithaka – A Luta de Assange' contará com a presença de John Shipton e do jornalista Leandro Demori

Double | Porto Alegre |
Para promover o lançamento do filme, John Shipton, pai de Julian Assange, passará por cinco estados brasileiros - Foto: Divulgação

Um grito global por justiça. Um retrato comovente da turbulenta história de Julian Assange, assim é descrito o documentário “Ithaka – A Luta de Assange”, de Ben Lawrence, que chega aos cinemas em 31 de agosto pela Pandora Filmes. Para promover o lançamento do filme, John Shipton, pai de Julian Assange, passará por cinco estados brasileiros. Em Porto Alegre, a exibição acontece na Sala Redenção, nesta quinta-feira (24), às 19h, contando com a presença de John e do jornalista Leandro Demori. 

Há exatos quatro anos, o fundador do Wikileaks e jornalista preso em Londres aguarda uma possível extradição para os Estados Unidos, onde pode ser condenado a até 175 anos. 

:: Em carta, principais jornais do mundo pedem que EUA derrubem acusações contra Assange ::

Assange foi responsável por publicar, entre 2010 e 2011, documentos dos EUA que revelam crimes de guerra e campos de tortura no Iraque, Afeganistão e na base de Guantánamo, território estadunidense em Cuba. Por isso, é acusado de espionagem por ter divulgado arquivos que comprovaram crimes de guerra cometidos por militares estadunidenses. 

Em dezembro do ano passado, alguns dos principais veículos de imprensa mundiais solicitaram ao governo dos Estados Unidos a anulação do processo. Em documento, os jornais afirmam que a perseguição contra Assange prejudica a liberdade de imprensa.

Com a direção de Ben Lawrence, e produção de Gabriel Shipton e Adrian Devant – respectivamente, meio-irmão e cunhado de Julian – o documentário retrata essa história, assim como a trajetória de John Shipton, na luta pela liberdade do filho. 

Nesta terça-feira (22), o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência (Secom), Paulo Pimenta, recebeu John Shipton, no Palácio do Planalto. Na ocasião o ministro reafirmou o compromisso do governo federal com a luta de John.

Shipton agradeceu o apoio e lembrou que já esteve com o presidente Lula pessoalmente em Genebra e em Paris. “Lula tem sido um advogado e um amigo formidável”, afirmou.

"A postura do presidente Lula é muito importante para mim. É um grande conforto para a nossa família. Sei da importância de ele estar na reunião do Brics, então agradeço ao ministro a generosidade, em meu nome e do Julian. Desejo tudo de melhor para o futuro do Brasil e que em breve a gente possa celebrar”, completou Shipton.

Sobre a exibição do filme 

A sessão tem entrada franca e aberta à comunidade em geral, com acesso por ordem de chegada. A Sala Redenção está localizada no campus central da Ufrgs, com acesso mais próximo pela Rua Eng. Luiz Englert, 333.

Além de Porto Alegre, o documentário será exibido no Rio de Janeiro, São Paulo, Recife. E teve exibição na terça-feira (22), em Brasília. 


Edição: Katia Marko


Double Mapa do site