Double

prevenção

Vacinação contra a dengue no Distrito Federal começa nesta sexta-feira (9)

Serão 194 mil doses para população de 10 a 14 anos; casos prováveis da doença chegam a mais de 46 mil

Double | Brasília (DF) |
A previsão é de que a segunda dose da vacina contra a dengue seja aplicada a partir de maio - José Cruz/Agência Brasil

A vacinação contra a dengue no Distrito Federal começa nesta sexta-feira (9). A previsão, segundo a Secretaria de Saúde (SES-DF), é de que 194 mil doses sejam entregues na tarde desta quinta (8) para atender jovens de 10 a 14 anos. A faixa etária é a população-alvo da vacina por apresentar o maior número de casos de hospitalização pela doença. A segunda dose do imunizante deve ser aplicada a partir de maio. 

Continua após publicidade

Segundo o último boletim epidemiológico da SES-DF, a capital federal contabiliza 46.298 casos de dengue, o que representa um aumento de 1.120,6% em relação ao mesmo período do ano passado; e 11 mortes em decorrência da doença desde o começo do ano.

Além da vacinação, o secretário-chefe da Casa Civil, Gustavo Rocha, anunciou a instalação, até a próxima semana, de outras nove tendas de atendimento e hidratação a pacientes com casos de dengue em Ceilândia, Samambaia, Vicente Pires, Varjão, Gama, Taguatinga, Guará, Plano Piloto e Paranoá. 

Ele ressaltou ainda que os 60 leitos do Hospital Cidade do Sol, em Ceilândia, serão geridos pelo Instituto de Gestão Estratégica de Saúde (Iges), enquanto durar a situação de emergência imposta pela doença. A transferência da gestão foi aprovada na Câmara Legislativa do DF (CLDF) nesta terça-feira (6), sob protestos da oposição e de profissionais da saúde

A secretária de Saúde Lucilene Florêncio reforçou que aos primeiros sintomas de dengue, a pessoa deve buscar atendimento médico nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs). 

“Pedimos e precisamos que a população nos procure assim que os sinais aparecerem. Não se pode deixar agravar com dores, vômitos que não param, temperatura muito alta, esperando dias em casa antes de buscar assistência. Acreditem, hidratação salva vidas”, destacou durante a coletiva nesta quarta (7).

As tendas de hidratação funcionam todos os dias, das 7h às 19h. Diversas UBSs estão funcionando em horário estendido, até as 22h durante a semana e as 19h nos finais de semana. “Procurando os locais adequados, os pacientes contribuem para a redução da sobrecarga nos hospitais e nas UPAs [Unidades de Pronto Atendimento], reservando esses serviços aos casos mais graves”, conclui.

O governo também anunciou que o DF Legal está acompanhando as visitas domiciliares dos agentes de saúde, já que ainda há uma parcela da população resistente à entrada dos profissionais nas casas.

Além disso, o secretário-chefe da Casa Civil informou que mais de mil alunos de medicina e enfermagem atuarão de forma voluntária no combate à dengue e que mais dez carros “fumacês” irão rodar pelas ruas em conjunto à intensificação de ações de limpeza nas cidades mais afetadas.

:: Clique aqui para receber notícias do Double DF no seu Whatsapp ::

Fonte:BdF Distrito Federal

Edição: Márcia Silva


Double Mapa do site

1234