Double

festa na rua

Carnaval em São Paulo terá blocos tradicionais, além de Iza, Gretchen, Michel Teló e mais; confira destaques

Seguindo a tradição, bloco afro Ilú Obá De Min inaugura os cortejos nesta sexta (9) com homenagem a Marielle e família

Double | São Paulo (SP) |
MinhoQueens, que toma as ruas do Centro, é um dos destaques da programação - Divulgação

Depois de um fim de semana de pré-carnaval com dezenas de blocos pelas ruas, a cidade de São Paulo se prepara para cinco dias de festa. Segundo a agenda oficial da prefeitura, são pelo menos 260 apresentações de blocos até a terça-feira de carnaval (13).

As ruas começam a ser ocupadas já na noite desta sexta-feira (9), com o bloco afro Ilú Obá de Min, composto em sua maioria por mulheres pretas, que mais uma vez abre o carnaval de rua de São Paulo. O cortejo parte às 19h, da Praça da República, no Centro.

Neste ano, o Ilú homenageia a vereadora carioca Marielle Franco e a família dela, com o enredo "Irúgbìn: Família Franco - Marielle". O bloco volta a desfilar na segunda-feira de carnaval (11), às 14h, na Rua Conselheiro Brotero, 195, em cortejo que vai percorrer a região de Barra Funda e Campos Elíseos até o Armazém do Campo.

Sábado

No sábado de carnaval (10), os blocos tomam as ruas da cidade durante todo o dia. De manhã, o Castelo Rá-Tim-Bloco homenageia o famoso programa infantil Castelo Rá-Tim-Bum. A festa, para pessoas de todas as idades, começa já às 9h, na rua Padre João Gonçalves, em Pinheiros.

Na região do M'Boi Mirim, uma das opções é o Bloco Galera da Rampa, que sai às ruas do bairro de Jardim Guarujá pela sexta vez. A concentração na rua Renato da Cunha começa às 10h da manhã, e a festa deve durar até o começo da noite.

Figura carimbada no carnaval de São Paulo, o bloco Jegue Elétrico este ano fará seu cortejo na região de Pinheiros. A concentração acontece às 12h, na rua Lisboa, altura do número 534. O bloco, que sai no sábado, repete a dose no domingo, no mesmo local e horário.

Já no Centro, o MinhoQueens é uma das atrações. Tradicional bloco LGBTQIA+ de São Paulo, vai contar com show de Lia Clark. A concentração está marcada para a esquina mais famosa de São Paulo, da Ipiranga com a São João, a partir das 12h.

O dia será de megablocos com atrações que podem até surpreender os fãs de carnaval. É o caso, por exemplo, do Agrada Gregos, bloco LGBTQIA+ que receberá ninguém menos que Gretchen, Glória Groove e Banda Uó e sai no Obelisco do Ibirapuera. A concentração é às 13h.

Domingo

O circuito de megablocos junto ao Obelisco do Ibirapuera recebe o cantor sertanejo Michel Teló. O bloco Bem Sertanejo tem concentração marcada para 10h30, no domingo de carnaval. Na sequência, no mesmo local, Pabllo Vittar recebe Urias, Lia Clark e Renan Martelozzo no Bloco da Pabllo, com concentração às 12h.

Outra estrela que promete arrastar multidões no domingo de carnaval na capital paulista é a cantora Iza, que comanda o bloco Bonde Pesadão, em Santo Amaro. A concentração, na Rua Laguna, entre Rua Bragança Paulista e Rua Castro Verde, começa às 12h.

Na região central, o bloco Explode Coração homenageia que Maria Bethânia. A concentração está marcada para 13h, na Praça da República, e a convocação foi feita por ninguém menos que a própria homenageada.

Na zona leste, o Bloco da Lisa homenageia os 40 anos da música "É bom para o Moral", de Rita Cadillac, com desfile neste domingo de carnaval. A concentração está marcada para 12h, na Rua Catarina Braida, 232, Mooca.

Um dos blocos mais tradicionais da zona sul da capital paulista, o Arrastão da Vila Guarani completa 40 anos em 2024, e promete um desfile histórico. Os foliões se concentram a partir das 14h, na avenida Diederichsen.

Segunda-feira

A manhã de segunda-feira de carnaval tem O Espetacular Bloco da Charanga do França, que surgiu em 2013 e cresceu a ponto de se tornar uma das referências da festa na capital paulista. A concentração começa cedo: às 9h, na rua Imaculada Conceição, 134, Vila Buarque – junto ao Conceição Discos.

Um dos maiores blocos de rua de São Paulo, o Vou de Táxi sai no Obelisco do Ibirapuera na segunda-feira de carnaval, com concentração às 10h. A banda que puxa o bloco surgiu como homenagem à famosa música da cantora e apresentadora Angélica, e toca músicas que prometem reviver a alegria e as boas lembranças da infância.

O bloco Forrozin, no centro, promete uma homenagem à cultura nordestina. Comandado por Mariana Aydar, o bloco terá Tato do Falamansa, Mestrinho, Bella Raiane, Cosme Vieira e Abner Lima como convidados. A concentração começa às 11h, na esquina da avenida Ipiranga com a São João.

Na zona norte, a segunda-feira de carnaval terá o bloco Donos da Percussão, que abre a festa às 13h na Praça Centenário, na Casa Verde. Além de músicas tradicionais de carnaval, haverá oficina de percussão e aula de danças africanas. 

A região do Morumbi terá uma opção para as crianças. O bloco Saad sai pelo segundo ano consecutivo e terá samba ao vivo e muitas atrações para os pequenos. A concentração começa às 12h, na avenida Jorge João Saad, 377.

Terça-feira

No último dia do carnaval, o Obelisco do Ibirapuera receberá a versão paulistana do Galo da Madrugada, bloco recifense que se intitula "o maior bloco de carnaval do mundo", e que neste ano faz uma homenagem ao "rei do brega", Reginaldo Rossi. A concentração é às 9h.

A esquina da Ipiranga com a São João, no Centro, recebe o Bloco Pagu, que concentra às 11h. Composto por uma bateria 100% feminina, o bloco canta e homenageia grandes nomes da nossa música, como Alcione, Beth Carvalho, Margareth Menezes, Elba Ramalho, Rita Lee e Elis Regina, além de estrangeiras como Beyoncé e Aretha Franklin.

A funkeira Pocah vai puxar um trio elétrico pela primeira vez, com o Bloco da Pocah, que recebe convidados e desfila pela região da Barra Funda na terça-feira de carnaval. A concentração acontece na avenida Marquês de São Vicente, 230, a partir das 13h.

Com mais de 30 anos de tradição, o Bloco Império do Morro faz seu desfile nesta terça-feira de carnaval na região do Jardim Monte Azul, zona sul da capital. A concentração está marcada para 13h30, na rua Inácio Dias de Oliveira.

Edição: Thalita Pires


Double Mapa do site