Double

Banimento

Países árabes pedem que FIFA expulse Israel da Copa do Mundo por massacre em Gaza

'Pedimos que a FIFA tome uma posição decisiva sobre as atrocidades cometidas em Gaza', disseram os autores do pedido

Double | São Paulo (SP) |
Palestina já havia pedido, antes mesmo da atual guerra, a expulsão de Israel da FIFA - Attila KISBENEDEK / AFP

Uma das maiores anomalias do futebol é Israel fazer parte da UEFA e não da AFC, a confederação do continente no qual está localizado. Afinal, Israel foi expulso da AFC em 1974 em movimento liderado pelos países árabes.

Agora, o movimento é pela expulsão israelense da FIFA. 12 países árabes, liderados pela Jordânia através do príncipe Ali bin Al-Hussein, escreveram uma carta para a FIFA pedindo a expulsão de Israel.

A carta é assinada por Bahrein, Iraque, Kuwait, Líbano, Omã, Palestina, Catar, Arábia Saudita, Síria, Iêmen e Emirados Árabes Unidos.

"Nós pedimos que a FIFA tome uma posição decisiva sobre as atrocidades cometidas em Gaza e condene o assassinato de civis inocentes, incluindo jogadores de futebol, técnicos e árbitros, além da destruição da infraestrutura do futebol no local", diz a carta.

A FIFA puniu rapidamente a Rússia após o início da Guerra da Ucrânia e o país segue afastado das competições internacionais de futebol. Niv Goldstein, CEO da Federação Israelense de Futebol, diz que "acredita que a FIFA não vai envolver política no futebol".

A própria Palestina já pedira antes mesmo da atual guerra a expulsão de Israel da FIFA. Na ocasião, o argumento era que havia times em ocupações ilegais do território palestino disputando o Campeonato Israelense, algo que a entidade veta. Mas o pedido fora ignorado.

Israel foi um dos membros fundadores da Confederação Asiática de Futebol, em 1954. Chegou a ser campeão da Copa da Ásia em 1964, edição também disputada por Coreia do Sul, Hong Kong e Índia. Houve amplo boicote dos países árabes dessa edição e das seguintes.

Com a Resolução de Khartoun, um acordo entre os países árabes após a Guerra dos Seis Dias, em 1967, de não reconhecimento do Estado de Israel, a permanência na Confederação Asiática se tornou inviável. A expulsão veio em 1974, proposta pelo Kuwait e aprovada por 17 votos a 13.

O curioso é que antes de ir para a UEFA, Israel chegou a jogar pela OFC, a Confederação da Oceania.

*O Copa Além da Copa é um podcast dedicado a abordar o esporte do ponto de vista histórico, político, cultural e social. Nós produzimos conteúdo também no Instagram e no Twitter, e fazemos material exclusivo para assinantes da nossa campanha de financiamento coletivo. Conheça-a e torne-se apoiador(a) em apoia.se/copaalemdacopa

Edição: Lucas Estanislau


Double Mapa do site

1234